9 Hábitos de pessoas com inteligência emocional.

Lenda chinesa desperta curiosidade sobre a existência de almas gêmeas
9 de janeiro de 2018
O que a ingratidão alheia nos ensina.
9 de janeiro de 2018

O sucesso na vida pessoal e profissional é muito maior para quem desenvolve a inteligência emocional. Veja se você a pratica.

 

Por muito tempo acreditou-se que apenas o QI elevado era responsável pelo sucesso na vida de muitas pessoas. Mas seria bastante superficial acreditar que a capacidade de lidar com as emoções nada influenciam na assertividade das tomadas de decisão ao longo da vida.

Atualmente, a Inteligência Emocional (IE) é vista como uma poderosa forma de canalizar as energias do corpo e da mente para alcançar resultados positivos.

Não significa que pessoas com alto QI e baixa IE não sejam capazes de trilhar um caminho de sucesso, mas este caminho muito provavelmente terá mais instabilidade.

Isso acontece porque a inteligência emocional melhora a nossa forma de lidar com as situações da vida em todos os aspectos, permitindo tomadas de decisão mais conscientes, melhor administração do nosso comportamento e da maneira como lidamos com os problemas. Basicamente, a IE é dividida entre competência pessoal e competência social.

Competência pessoal e competência social: o que são?

A competência pessoal é composta pelo autoconhecimento e o autogerenciamento. Quando conseguimos compreender e aceitar nossas forças e fraquezas, podemos gerenciá-las a nosso favor e melhorar o relacionamento com o mundo à nossa volta.

A competência social está relacionada com a nossa consciência sobre as outras pessoas. É o desenvolvimento da empatia para compreender e respeitar os diferentes modelos mentais que nos cercam, garantindo uma convivência pacífica e próspera.

Hábitos de pessoas com alta Inteligência Emocional

Dessa forma, é possível identificar um certo padrão de comportamento das pessoas que têm uma Inteligência Emocional bem desenvolvida, por meio dos hábitos que praticam diariamente e são visíveis na qualidade das suas relações.

1. Não se ofendem facilmente

Para que uma pessoa se ofenda com as palavras ou atitudes de outra, precisa estar insegura sobre quem ela realmente é, abrindo espaço para a dúvida. Uma pessoa com inteligência emocional é autoconfiante e sabe que a ofensa é apenas um desejo de provocação que pode ser aceito ou não.

2. Não abrem espaço para reflexões negativas

Algumas pessoas gostam de pensar no lado ruim das situações da vida para se “preparar” caso o pior aconteça. No entanto, quanto mais alimentarmos pensamentos negativos, mais presentes eles serão em nossa vida.

Não quer dizer que pessoas com inteligência emocional não pensem nas possibilidades de algo dar errado, mas fazem isso apenas o suficiente para estarem conscientes do que pode acontecer. Depois, o foco é na atitude de fazer dar certo.

3. Veem o lado divertido de tudo

Pessoas com inteligência emocional sabem que o bom humor é poderoso e que os momentos de felicidade são criados por cada um. Por isso, são capazes de transformar qualquer situação desagradável em um momento mais fácil de lidar e sempre têm palavras positivas para compartilhar. Para elas, a dificuldade é uma questão de perspectiva.

4. Não responsabilizam os outros pelo que sentem

A Inteligência emocional traz a consciência de que cada um é responsável pelo que sente e pelo que decide fazer da própria vida. Portanto, ninguém mais além de nós mesmos tem o poder de nos fazer sorrir ou chorar, não importa o que digam.

5. Perdoam, sem esquecer do que lhes foi feito

Parece muito difícil perdoar alguém por ter feito algo que nos feriu profundamente. Mas só é difícil para quem pensa que perdoar é esquecer. Na verdade, perdoar é deixar o erro no passado para que não atrapalhe mais o seu caminho. A lembrança que ficar deverá servir para evitar que o erro se repita.

6. Gostam de compreender os sentimentos dos outros

Pessoas com inteligência emocional sabem que conhecer e falar sobre sentimentos é fundamental para lidar com eles de forma positiva e saudável. Por isso, se importam em saber como as pessoas à sua volta se sentem, claro, se estas quiserem falar a respeito.

7. Sabem lidar com conflitos

Quando somos contrariados, a tendência é que sejamos agressivos ou muito passivos, seja física ou verbalmente. Mas o ideal é que haja um equilíbrio entre nossas atitudes.

As pessoas com inteligência emocional compreendem a importância de agir com empatia e gentileza em um momento de pico emocional. Elas desenvolvem a habilidade de demonstrar segurança em si mesmas e não agem por impulso. A pausa para reflexão é sempre a primeira atitude.

8. Gostam de adquirir conhecimento sobre inteligência emocional

Ao começarmos a praticar a inteligência emocional através de hábitos como o autoconhecimento e o autogerenciamento, mais habilidades desenvolvemos acerca do assunto e mais conhecimento desejamos ter.

Dessa forma, estudar a fundo as emoções nos permite ampliar nosso vocabulário emocional e nos expressar com maior clareza sobre o que sentimos e como desejamos ser compreendidos.

9. Praticam a positividade

A positividade constante só é possível para aqueles que não se prendem ao que não podem controlar. Pessoas com Inteligência emocional são conscientes dos problemas do mundo, mas não permitem que seu dia seja ruim por fatos que não podem alterar para sentirem-se melhor.

Dessa forma, procuram ser positivas em tudo que dizem e fazem, na intenção de mostrar esse lado positivo para as pessoas que as cercam e promover o fortalecimento saudável das emoções e das relações.

E então, conseguiu se identificar com algumas dessas características?! Começar a praticá-las pode não ser tão fácil, mas é possível e só depende do seu esforço diário. Viva um dia de cada vez e prefira ver sempre o lado bom das coisas.

Ricardo Dih Ribeiro
Ricardo Dih Ribeiro
Professor e Mestre da Casa da Psicanálise. Psicanalista Clínico com especializações em Psicanálise, Estados Alterados de Consciência. Especialista em Business and Executive Coaching, Self & Professional Life Coaching e Analista Comportamental. Graduado Lídership Coach pela Escola Paulista de Coaching. Graduado em Programação Neuro Linguística. Graduado em Hipnose. Formado em Reflexologia, Florais, Alinhamento Energético e Terapias Complementares. Formado em Técnicas Projetivas Trainer da Escola Paulista de Coaching credenciado pelo IBCI - International Business Coaching Institute. Atua desde 1999 em atividades focadas no comportamento e relacionamento interpessoal com pessoas, grupos corporativos e comunidades. Atende em sua clínica, ministra aulas em psicanálise entre outros cursos dea formações profissionais, supervisiona casos clínicos, coordena grupos de estudos, realizando vivências e treinamentos de autoconhecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *